voltar    

Solon Ribeiro desenvolve pesquisa onde busca um lugar para a fotografia, seja entre a cenografia, a instalação ou a perfomance.
O trabalho desenvolvido ao longo de duas décadas tem se pautado pela experiência e uma necessidade de desvendar este mistério maior do que vem a ser a fotografia.
Através de técnicas de populares, como a utilizada pelos fotógrafos populares denominados lambe-lambe, desenvolveu uma máquina na qual ele próprio é parte integrante do aparelho.
Solon Ribeiro, é a própria negação da fotografia enquanto instrumento de fixação da memória ou documento histórico, sua atitude diante da máquina não se deixa levar pelo culto, mas pela crítica e investigação.
Graduado com especialização em fotografia / vídeo na Ensad ( l’ecole superieure dês arts decoratifs em Paris).
Com obras nas coleções do museu de arte moderna de São Paulo, museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro e na FUNARTE/RJ.
Autor do livro lambe-lambe, pequena História da fotografia popular.